FAQ

O que é o Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo?

O 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo é uma competição de startups organizada pelo Ministério de Turismo e pelo Wakalua Innovation Hub, primeiro polo global de inovação em turismo, em colaboração com a Organização Mundial do Turismo (OMT), agência da ONU dedicada ao setor. A competição inédita busca soluções para a retomada do turismo brasileiro através de projetos de base tecnológica que respondam tanto a necessidades imediatas do contexto pós-pandemia quanto a desafios gerais do turismo brasileiro.

 

O que é o Desafio SP?

O Desafio SP é uma categoria do Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, que oferece oportunidades adicionais para startups destinadas aos verticais de negócio (1) Bares e Restaurantes; 2) Estabelecimento de Hospedagem, (2) e (3) Receptivo Turístico. O Desafio SP tem como parceiros a FIA, a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo e o Wakalua Innovation Hub. A competição busca soluções para a retomada do turismo no Estado de São Paulo através de projetos de base tecnológica que respondam a necessidades do contexto pós-pandemia.

 

Quem pode participar?

O Desafio é destinado a projetos de startups com soluções relacionadas com o setor turismo, sediados no Brasil, tanto os que estão em um estágio inicial de desenvolvimento quanto aqueles que estão consolidados. Consulte os detalhes no Regulamento.

 

Em quais categorias posso inscrever meu projeto?

Os projetos devem se concentrar nas seguintes áreas:

 
Reativar o Turismo: soluções de aplicabilidade imediata, para toda a cadeia de valor do turismo, com foco na reativação do setor com segurança e saúde.

  • • Segurança, saúde e bem-estar;
  • • Promoção do turismo interno e de nicho (ecoturismo, enoturismo, turismo gastronômico, turismo de aventura, entre outros);
  • • Turismo social;
  • • Cancelamentos e trocas;
  • • Inserção digital de pequenos estabelecimentos, prestadores de serviços e comunidades;
  • • Adequação de Experiências Turísticas.

 
Construir o Turismo do Futuro: soluções de aplicabilidade prolongada, para toda a cadeia de valor do turismo, com foco na transformação digital e no desenvolvimento sustentável.

  • • Gestão e operação inteligente;
  • • Destinos inteligentes;
  • • Experiência do Turista;
  • • Vistos e controles migratórios;
  • • Desenvolvimento sustentável e economia circular.

 

Qual é o regulamento da competição?

Acesse aqui o regulamento.

 

Como meu projeto será avaliado?

O Desafio avaliará duas categorias principais de desenvolvimento das startups inscritas: (1) Estágio Inicial e (2) Crescimento. Consulte o regulamento para saber mais detalhes.

Serão levados em consideração:

  • • Natureza inovadora ou disruptiva da tecnologia ou do modelo de negócios;
  • • Potencial de escalabilidade;
  • • Modelo de negócio validado;
  • • Penetração no mercado, atual ou potencial;
  • • Contribuição ao setor turismo;
  • • Sustentabilidade e desenvolvimento social;
  • • Facilidade de captura de valor por meio de colaboração;
  • • Maturidade do produto/tecnologia;
  • • Maturidade da equipe e da organização;
  • • Prontidão de parceria.

 

Qual será a premiação?

Consulte o regulamento. As 10 primeiras colocadas terão:

  • • Classificação às semifinais da terceira edição da UNWTO Tourism Startup Competition;
  • • Visibilidade nacional e internacional através dos canais de comunicação do Wakalua, do MTur e de seus parceiros;
  • • Apresentação dos projetos a líderes do setor turismo no Brasil durante o evento final da competição;
  • • Associação ao Wakalua, recebendo acesso aos seus programas de formação, mentoria e conexão com seu network de investidores, corporações e parceiros institucionais. 

 

Para o vencedor (1 startup):

  • • Formação em Madri (Espanha): viagem para o vencedor a Madri, para programa de formação oferecido pelo Wakalua Innovation Hub, durante a FITUR 2021 (20 a 24 de janeiro de 2021), maior feira de turismo do mundo. Passagens de ida e volta oferecidas pelo parceiro AirEuropa.

 

Além disso, os participantes elegíveis também concorrem aos prêmios da categoria “Desafio SP”. Os benefícios são:

 

Para as 6 primeiras colocadas:

  • • visibilidade nacional e internacional através dos canais de comunicação do Wakalua, do MTur e de seus parceiros;
  • • apresentação dos projetos a líderes do setor turismo no Brasil durante o evento final da competição;
  • • associação ao Wakalua, recebendo acesso aos seus programas de formação, mentoria e conexão com seu network de investidores, corporações e parceiros institucionais.

 

Para o vencedor de cada subcategoria (3 startups):

  • Ajuda de custo de R$ 5.000 para implementação da solução proposta

 

Para o vencedor geral (1 startup):

  • Formação em Madri (Espanha): Viagem para 1 startup vencedor a Madri para programa de formação oferecido pelo Wakalua Innovation Hub, durante a FITUR 2021 (20 a 24 de janeiro de 2021), maior feira mundial de Turismo. Passagens de ida e volta para 1 pessoa oferecidas pelo parceiro AirEuropa. Hospedagem não incluída.

 

O que é e o que faz o Wakalua?

O Wakalua Innovation Hub, com sede em Madri (Espanha), é o primeiro centro de abrangência global dedicado ao desenvolvimento de iniciativas voltadas para inovação em turismo. O Wakalua tem como parceiros fundadores a Globalia, um dos maiores grupos de turismo da Espanha e América Latina, e a Organização Mundial de Turismo (OMT), agência da ONU especializada que promove o turismo responsável, sustentável e universalmente acessível.

Seu primeiro programa de grande alcance foi a primeira competição global de startups de turismo – a UNWTO Tourism Startup Competition, que realiza sua terceira edição em 2020, desta vez focada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Em suas duas primeiras edições, alcançou a marca de 5.000 projetos inscritos de mais de 150 países. A competição é apoiada por instituições públicas e privadas que apostam pela atração de empresas inovadoras como motor de crescimento em seus contextos nacionais ou contextos corporativos, incluindo: Turismo de Portugal, Distrito Digital da Comunidad Valenciana, Telefônica, Amadeus, Globalia, e Intu Costa del Sol. 

Além disso, o Wakalua realiza vários tipos de programas para seus parceiros estratégicos:

  1. • Inovação: promovendo a transformação digital das empresas e organizações do setor turismo;
  2. • Crescimento de Ecossistema: impulsionando o ecossistema de inovação e empreendedorismo de base tecnológica em turismo;
  3. • Investimento: criando alianças estratégicas, conectando startups à rede global de capital de risco. 

 

Qual o projeto do Wakalua para o Brasil?

O projeto Wakalua Brasil visa estabelecer no Brasil uma estrutura física e um programa continuado de estímulo à inovação tecnológica e em modelos de negócio no setor turismo, com o objetivo de fomentar o crescimento sustentado do setor turismo no país, beneficiando tanto o setor privado quanto o setor público e a sociedade em geral.

Em sua primeira etapa, as ações principais do projeto Wakalua Brasil são:

  1. • A realização do Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo;
  2. • A elaboração de um estudo diagnóstico e de uma proposta de estratégia de inovação para o setor turismo no Brasil;
  3. • A preparação de uma proposta de implantação do Wakalua Innovation Hub no Brasil.

 

O que são startups?

São empresas em fase inicial que desenvolvem produtos ou serviços inovadores, com base em tecnologia e com modelos de negócio inovadores, e com grande potencial de crescimento. Entre suas características comuns estão:

  • Escalabilidade: geralmente o modelo de negócios da startup é escalável, ou seja, pode atingir rapidamente um grande número de usuários a custos relativamente baixos; 
  • Repetibilidade: geralmente o modelo de negócios de startup tem a facilidade de ser repetível, ou seja, é possível de replicar ou reproduzir a experiência de consumo de seu produto ou serviço de maneira relativamente simples; 
  • Flexibilidade e Agilidade: a startup possui a capacidade de atender e se adaptar rapidamente às demandas do mercado. 

 

O que é um hub de inovação?

Um centro ou hub de inovação é um ambiente que cria conexões entre universidades, entidades públicas, empresas, empreendedores, investidores e sociedade, com a finalidade de estimular a aplicação de conhecimentos, tecnologias e ideias inovadoras em empreendimentos que ajudem a sociedade e a economia a enfrentar seus desafios.